Blog

Confira as últimas notícias.

Entenda o financiamento de imóvel da Caixa.

Entenda o financiamento de imóvel da Caixa.

A Caixa Econômica Federal está entre os bancos mais procurados na hora de financiar um imóvel. Descubra aqui se esta é uma boa opção para você.

Entenda o financiamento de imóvel da Caixa

Se você começou a procurar um financiamento imobiliário, precisa conhecer as condições oferecidas pela Caixa Econômica Federal antes de tomar sua decisão. Entre as principais vantagens está o pagamento de uma das menores taxas de juros em financiamento imobiliário do país. Isso significa uma economia em relação aos outros bancos, então, mesmo que a aprovação seja demorada, compensa pedir uma proposta.

Quem consegue o financiamento na Caixa?

Antes de liberar o dinheiro, o banco faz uma análise de crédito para comprovar que você tem condições de pagar as parcelas do financiamento que pediu. Muitos são reprovados nessa etapa, principalmente por não conseguirem comprovar renda. Uma saída para diminuir os riscos da reprovação é estar preparado antes de procurar o crédito na Caixa, por exemplo, abrindo conta em banco.

O financiamento de imóvel só permite que você gaste 30% da sua renda na parcela da casa. Então, quem tem o orçamento pequeno e escolheu um imóvel caro dificilmente conseguirá a aprovação. Nesse caso, existem dois caminhos: optar por uma casa ou apartamento que custe menos ou aumentar a renda com trabalho extra.

Como os juros são calculados?

Todo financiamento de imóvel cobra juros e, quanto mais alto for essa taxa, mais caro você paga. Na Caixa, o valor dos juros é calculado de acordo com a sua renda e com o preço do imóvel. Quanto maior o orçamento da família ou o preço da casa, mais altos serão os juros, pois o banco entende que você tem mais condições de pagar essa dívida.

As etapas do financiamento

Desde a simulação até a assinatura do contrato, a liberação de um financiamento pela Caixa leva cerca de 30 dias. Mas esse prazo só começa a contar a partir do momento em que os compradores e os vendedores entregam toda a documentação necessária.

Confira todas as etapas do processo:

1. Simulação

O primeiro passo é descobrir se as parcelas caberão no seu orçamento. Para isso, simule online e de graça qual será o valor da entrada e das parcelas, levando em conta sua renda e o preço do imóvel que pretende comprar. Depois desta simulação, o site da Caixa lista alguns imóveis que já foram avaliados e que se encaixam no seu financiamento, o que facilita o processo.

2. Cadastro e documentação

Simulou e descobriu que o financiamento cabe no seu bolso? Vá a um correspondente Caixa levando os documentos necessários para fazer o cadastro. Estes dados ficarão com o banco, que fará a análise de crédito. Se você puder utilizar o FGTS na compra, é neste momento que você deve apresentá-lo por meio de um formulário.

Dica: é permitido somar duas rendas para financiar o imóvel. Se a casa ficará em seu nome e no nome de outro parente, como marido, mulher ou filho, dá para usar as duas rendas na hora de fazer o financiamento. Isso é importante porque você comprova um orçamento maior e tem mais chance de realizar o seu sonho

3. Pré-aprovação/Análise do crédito

Em um prazo de dois a cinco dias úteis após a entrega do cadastro, a Caixa dará uma resposta sobre o financiamento. Se o crédito for aprovado, o banco informará todos os detalhes da sua compra, como prazo e valor da entrada, das parcelas e dos juros. Esta fase é muito importante para você descobrir de quanto dinheiro realmente precisa.

4. Avaliação do imóvel

Nesta etapa, os engenheiros vão avaliar o imóvel que você pretende comprar, enquanto a Caixa analisará a documentação dos vendedores. Neste momento, o banco verifica todas as condições do imóvel para você ter mais segurança ao fechar o negócio. Caso queira acelerar o processo da compra, você pode escolher um dos imóveis do Feirão Caixa, que já foram avaliados pelos engenheiros do banco. O prazo para entrega do laudo de avaliação é de até 15 dias. Assim, a aprovação final do financiamento levará de 20 a 30 dias. Esta avaliação também tem um custo, que será pago por você.

 

 

 

5. Assinatura do contrato

Após ser aprovado em todas essas fases, finalmente chegou o momento de assinar o contrato! Compradores e vendedores deverão comparecer a uma agência da Caixa para fazer isso. Com o contrato assinado, o comprador precisa registrá-lo em um Cartório de Registro de Imóveis, o que tem um custo. Esse preço muda conforme o estado, sendo que você também precisa pagar pelo Imposto de Transmissão de Bens Imóveis (ITBI), que corresponde a 2% do valor do imóvel comprado.

Se eu for reprovado no financiamento, posso tentar de novo?

Pode, mas o prazo para essa nova tentativa depende do motivo da reprovação. Se o financiamento foi negado porque você tem dívidas atrasadas, por exemplo, você poderá pedir uma nova avaliação do financiamento assim que pagar essas contas.

Caso seja reprovado porque o imóvel não passou na avaliação dos engenheiros, você pode procurar outra casa e tentar uma nova avaliação ou aguardar a adequação do imóvel pelo vendedor.

O que pode ser financiado pela Caixa?

Imóveis novos e usados, sejam residenciais ou comerciais, lote urbanizado ou terreno. A construção do imóvel, residencial ou comercial, também pode ser financiada desde que o lote ou terreno seja seu, além da reforma ou ampliação. Finalmente, a documentação e o registro do imóvel podem entrar nas parcelas do financiamento.

Quem não tem conta na Caixa também pode financiar?

Se você for cliente de outro banco, também pode fazer o financiamento, mas terá que abrir uma conta na Caixa. Por isso, faça uma simulação antes de pedir esta conta e, se tiver condições de ser aprovado no financiamento, dê entrada no processo.

Por que escolher a Caixa?

Principalmente pela taxa de juros menor do que em outros bancos, o que diminui o valor do financiamento. Na Caixa, os juros são de 8,75% ao ano, enquanto em outros bancos essa taxa varia entre 9 e 12%. O prazo também é um diferencial, pois a Caixa libera o parcelamento em até 35 anos, o que nem sempre acontece nos concorrentes.

O Minha Casa Minha Vida é um programa da Caixa?

Não. Trata-se de um programa do governo federal. Ele pode ser feito por meio da Caixa ou do Banco do Brasil. Dependendo da sua renda e do valor do imóvel, o programa deixa o financiamento mais barato.

(7) Comentários

  1. Leidimar Alves Felício

    em   comentou 

    Olá,me tira uma dúvida se eu assinei o contrato com a casa em um valor e A caixa avaliou por um valor mais alto que a imobiliária estava vendendo pode pedir mais dinheiro depois que já assinei com a caixa e dei as entradas que pediram no contrato e usei FGTS?

    Responder
    • Leidimar, você deverá pagar o valor que está em contrato. A avaliação no valor superior feita pela CEF é bom, pois deixou seu imóvel mais valorizado, no entanto, não é correto que essa diferença seja cobrada do cliente, pois o valor que você deverá pagar é o que está no contrato firmado entre você e a imobiliária. Espero ter lhe ajudado 🙂

      Responder
  2. Daiane Kremer

    em   comentou 

    Quantas tentativas de financiamento posso fazer ?
    E se acaso utilize essas tentativas e o financiamento tenha condicionado ,quanto tempo depois posso tentar novamente???

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *